Entenda como funcionam os principais codecs VoIP

Entenda como funcionam os principais codecs VoIP


Quando você faz chamadas de voz pela Internet (VoIP), a voz precisa ser codificada (transformada) em dados digitais e vice-versa. Nesse processo, os dados são comprimidos de tal modo que a sua transmissão é mais rápida e a experiência de chamada é melhor. Essa codificação é realizada pelos principais codecs VoIP.

Entenda como funcionam os principais codecs VoIP

Como usuário, você pode pensar que não há necessidade de saber como eles funcionam, mas é bom conhecer pelos menos as informações básicas sobre os principais codecs VoIP uma vez que, em algum momento, você pode ter que escolher o melhor codec para suas operações.

Aproveite para ler também:

Um cenário onde você pode utilizar seus conhecimentos básicos sobre os principais codecs VoIP é na hora de considerar a compra de uma peça de hardware ou mesmo um novo software. Nesse cenário, você poderá decidir sobre a possibilidade de adquirir um equipamento/programa com o codec perfeito para atender suas necessidades.

Existem muitos codecs de áudio, vídeo, fax e texto. Abaixo, você verá uma lista dos principais codecs VoIP e suas principais características.

G.711

Opera em taxas de: 64 kbps

Oferece uma transmissão de voz precisa e requer baixas configurações de processamento. recisa de pelo menos 128 kbps para bidirecional. Esse é um dos codecs mais antigos, existente desde 1972, e funciona melhor em altas larguras de banda, o que o torna um pouco ultrapassado para a Internet, mas ainda bom para LANs.

G.722

Opera em taxas de: 48 / 56 / 64 kbps

Adapta-se a compressões diferentes e tem sua largura de banda conservada mesmo quando há congestionamento da rede. Ele captura as gamas de frequência duas vezes maiores que o G.711, resultando em melhor qualidade e clareza.

G.723.1

Opera em taxas: 5.3 / 6.3 kbps

Alta compressão com áudio de alta qualidade. Pode ser usado com conexões dial-up e com ambientes de baixa largura de banda, uma vez que trabalha com uma taxa de bits muito baixa. Ele, no entanto, requer maiores capacidades de processamento.

Entenda como funcionam os principais codecs VoIP

G.726

Opera em taxas de: 16 / 24 / 32 / 40 kbps

Uma versão melhorada do G.721 e do G.723 (não é o mesmo que G.723.1).

Antes de continuar a leitura, aproveite para conhecer as soluções da TW Solutions e veja como o VoIP pode transformar positivamente seu negócios!

G.729

Opera em taxas de: 8 kbps

Excelente utilização de banda. Tolerante a erros. Trata-se de uma melhoria sobre outros de nomenclatura semelhante, mas este é licenciado, ou seja, não é livre. Indiretamente, usuários finais pagam por esta licença quando compram hardware que a implementam.

GSM

Opera em taxas de: 13 kbps

Alta taxa de compressão, gratuito e disponível em várias plataformas de hardware e software. A mesma codificação é usada em celulares GSM (versões melhoradas são muitas vezes utilizadas hoje em dia).

iLBC

Opera em taxas de: 15 kbps

A sigla é para Internet Low Bit Rate Codec. Foi adquirido pelo Google e hoje é gratuito. Robusto para perda de pacotes, é usado por muitos aplicativos VoIP, especialmente aqueles com código aberto.

Speex

Opera em taxas de: 2.15 / 44 kbps

Minimiza o uso de largura de banda usando taxa de bits variável. É um dos codecs mais utilizados em muitas aplicações VoIP.

SILK

Opera em taxas de: 6 a 40 kbps

O codec SILK foi desenvolvido pelo Skype e agora está licenciado para fora, estando disponível como freeware de código aberto, e é uma base para o mais novo codec chamado Opus. O WhatsApp é um exemplo de um aplicativo que usa o codec Opus em suas chamadas de voz.

Site TW Solutions

2018-11-23T18:35:30+00:00quinta-feira, 5 janeiro 2017|Equipamentos VoIP|Telefonia VoIP|0 Comentários

Sobre o Autor:

Trabalha com sites, SEO e produção de conteúdo para a web. Em 2011 criou a Pandartt e hoje assume a direção da agência. Paralelamente, tem outros quatro projetos: Mapa dos Bichos, Viva Com Felicidade, O Nexxus e BlogGeek.

Deixar Um Comentário