Operadoras Piratas. Fuja delas!

Ao contratar serviços de PABX Virtual, Voip e telefonia em geral, as empresas se deparam com ofertas de operadoras piratas que praticam preços as vezes mais baixos que o mercado. Escolher uma dessas operadoras representa sérios riscos para a credibilidade e qualidade dos serviços de telefonia de sua empresa. O tempo em que piratas usavam tapa-olho e bandeiras negras com uma caveira já acabaou. Hoje eles possuem sites bem feitos, aparência asseada e enviam e-mails e SMS com generosas ofertas. Os riscos, porém, continuam os mesmos de sempre.

Artigo1_a

Veja quais os bons motivos para fugir das operadoras piratas e contratar um provedor devidamente legalizada como a TW Solutions.

Os Riscos das operadoras piratas

A Anatel é a agência reguladora responsável por emitir as licenças e autorizações para que uma empresa possa oferecer serviços de telecomunicações. Para não ser uma operadora pirata é necessário duas licenças principais, a SCM (serviços de comunicação multimídia) e STFC (Servição TelefõnicosFixos de Comunicação).

Para obter licenças e autorizações na Anatel, uma empresa tem que cumprir uma série de exigências de cunho jurídico, econômico-financeiro e técnico. Todos esses três aspectos são importantes para que os futuros clientes tenham a sua disposição um serviço de qualidade e sem riscos de interrupção e complicações legais.

O fato de uma empresa não possuir autorização na Anatel significa que ela não atende plenamente a algumas dessas exigências, o que implica em sérios riscos para a operação do cliente. Vejamos os principais deles:

  • Operadoras piratas de telefonia IP não possuem qualificação técnica
  • Uma das exigências mais importantes para se obter as licenças SCM e STFC é a necessiade de operadora estar tecnicamente habilitada. Isso significa possuir número de registro e quitação junto ao CREA e a existência de pessoal técnico qualificado conforme previsto na licença.
  • Operadoras piratas não possuem projeto básico de engenharia

Artigo1_b

  • Operadoras piratas não apresentam junto a Anatel o projeto de engenharia básico contendo descrição operacional, pontos de presença e interconexão, cobertura e outras importantes especificações técnicas para a prestação do serviço de telefonia com qualidade.
  • Operadoras piratas de telefonia IP podem não possuir qualificação jurídica
  • Para ser uma operadora de Telefonia VoIP, é necessário possui CNPJ, endereço e apresentar as pessoas ou diretores responsáveis pela empresa.
  • Empresas Piratas não possuem qualificação econômico-financeira e regularidade fiscal garantida
  • Uma exigência para obtenção de lincenças SCM e STFC é a comprovação por parte da operadora de que ela não possui débitos e pendências junto ao INSS, FGTS e Receita Federal. Além de também estar regularizada junto á Prefeitura e o Estado.

Fuja das operadoras Piratas e escolha a TW solutions

Todos os pontos levantados são fundamentais para garantir que o serviço contrato pela sua empresa seja de qualidade e que você não tenha problemas judiciais ou de interrupção das operações de telefonia. A TW solutions possui todas as licenças requeridas pelos órgãos reguladores e possui todas as exigências técnicas, jurídicas e financeiras para ser uma operadora legal e qualificada. Fuja dos piratas e venha para a TW solutions!

2018-11-23T18:43:46+00:00terça-feira, 4 abril 2017|Telefonia VoIP|0 Comentários

Sobre o Autor:

Trabalha com sites, SEO e produção de conteúdo para a web. Em 2011 criou a Pandartt e hoje assume a direção da agência. Paralelamente, tem outros quatro projetos: Mapa dos Bichos, Viva Com Felicidade, O Nexxus e BlogGeek.

Deixar Um Comentário