PABX Virtual: o que é? Quais os benefícios? Saiba mais aqui!

PABX Virtual: o que é? Quais os benefícios? Saiba mais aqui!


PABX Virtual: o que é? Quais os benefícios? Saiba mais aqui!

Quem tem empresa sabe que a comunicação é importante para o desenvolvimento dos negócios, seja com os clientes ou entre os próprios funcionários. Por isso mesmo, muitas organizações têm optado por integrar sua estrutura a um sistema de PABX Virtual, que permite comunicação sem a necessidade de mais de uma linha.

Se você deseja saber um pouco mais sobre essa maravilha da tecnologia corporativa, veio ao lugar certo. Aqui falamos sobre o assunto de maneira detalhada.

Em que consiste o PABX Virtual?

O PABX Virtual nada mais é que um equipamento que faz a distribuição das linhas telefônicas em diferentes ramais. Isso significa que ele faz a ligação de vários aparelhos telefônicos em uma única linha.

Dessa forma, a comunicação ganha mais liberdade, já que diferentes setores da empresa podem fazer e atender ligações na mesma hora, seja no ambiente interno ou externo. Na prática, portanto, todo o trabalho e os resultados são bem otimizados.

Como o PABX Virtual funciona?

Normalmente, as telefonias privadas tradicionais pedem que a empresa invista em equipamentos caros e contrate uma pessoa especializada para o momento da instalação, uma vez que se trata de um sistema consideravelmente complexo.

Todavia, No caso do PABX Virtual, qualquer pessoa que possui uma noção básica de internet pode instalar o programa. Mas não pense você que por ter instalação simples o sistema é parco em recursos, longe disso. A seguir você confere algumas vantagens.

Quais as vantagens do PABX Virtual?

  • Menos gastos com conta telefônica;
  • Controle da telefonia de sua empresa;
  • Chamadas gravadas;
  • Chamadas para matriz e filial sem custo;
  • Investimento inicial baixo;
  • Mobilidade;
  • Possibilidade de ter quantos ramais desejar;
  • Rapidez e eficiência na comunicação;
  • Sistema online para a administração.

PABX VIRTUAL

Tipos de PABX

Analógico

Esse é o modelo mais antigo. Ele foi criado para receber linhas fixas tradicionais de telefonia fixa e seu uso é limitado. Esses ramais não têm recurso avançado e possuem um custo alto.

Digital

Esse é um modelo mais atualizado, que oferece qualidade na voz e recursos inovadores. O modelo possui DDR (discagem direta para ramal), com opção para aumentar ou baixar o volume na ligação, podendo ser conectado a troncos digitais e às próprias linhas fixas.

Híbrido

Esse modelo é uma junção do digital e analógico e que usa um pouco do sistema de Voz Sobre IP, também conhecido como VoIP, permitindo a interligação entre as filiais sem custo. Com esse modelo, é possível ter linhas fixas e números VoIP.

VoIP (IP)

Esse modelo é um pouco mais moderno, uma vez que disponibiliza mais recursos, permitindo à empresa o recebimento de ligações por meios digitais e até entroncamentos E1 com placas específicas.

VOIP Virtual

Este é o que há de mais atual no momento, uma vez que permite que o usuário tenha acesso a VoIP e de ramais virtuais de qualquer lugar usando um dispositivo com conexão com a internet.

Esse modelo não demanda nenhuma instalação física na empresa, uma vez que funciona por meio de softwares.

Ele é mais econômico, uma vez que as ligações entre ramais não são cobradas. Dito isso, o PABX com VoIP Virtual é a melhor opção para empresas que desejam cortar gastos, mantendo a eficiência e segurança.

ÁREA DE ATUAÇÃO:

PABX VIRTUAL São PauloPABX VIRTUAL RecifePABX VIRTUAL Rio Grande do Sul
PABX VIRTUAL Rio de JaneiroPABX VIRTUALSalvadorPABX VIRTUAL Mato Grosso
PABX VIRTUAL Belo HorizontePABX VIRTUAL Porto AlegrePABX VIRTUAL Minas Gerais
PABX VIRTUAL CuritibaPABX VIRTUAL GoiasRPABX VIRTUALEspirito Santo

 

2018-12-04T18:17:10+00:00terça-feira, 20 novembro 2018|PABX Virtual / PABX IP|0 Comentários

Sobre o Autor:

Trabalha com sites, SEO e produção de conteúdo para a web. Em 2011 criou a Pandartt e hoje assume a direção da agência. Paralelamente, tem outros quatro projetos: Mapa dos Bichos, Viva Com Felicidade, O Nexxus e BlogGeek.

Deixar Um Comentário